Francielle Shinkai

SALVEI UM ANIMAL

Rio de Janeiro, RJ – Brasil
Relato: 19 de fevereiro de 2011

História da Topolina: a pequena notável

Sua história começa (segundo relatos) numa pet shop.

Ela havia sido comprada com mais ou menos 3 meses e passou 9 meses com seus “donos” até que eles se cansaram dela e resolveram abandoná-la. Uma vizinha então se prontificou em conseguir um local para deixá-la para adoção e caso não conseguisse o “dono” a soltaria no mato.

Foi então que a deixaram na clínica veterinária onde eu trabalhava. Resolvi que ficaria com ela, porque não queria que ela fosse adotada por pessoas que pudessem novamente abandoná-la.

Topo (seu novo nome) se juntou a minha família de 2 gatos, 3 cães e meu marido. No início ela estava magra e muito assustada, mas com o passar do tempo engordou (pesava em torno de 18 gramas) e se tornou muito afetuosa, gostava muito de carinho no queixo e ficava queitinha para ser medicada quando necessário.

Topo chegou com 1 ano de idade, a média da expectativa de vida de camundongos é de 1 e meio, no máximo 3 anos.

Uma camundonga sim, pequena e amorosa, e independente de ser diminuta em seu tamanho, compartilhou com nossa família 1 ano e meio de sua vida.

Se enganam aqueles que imaginam que um camundongo não pensa e que não tem nada a oferecer. Não é o tamanho ou a espécie que faz diferença, você lhes dá amor e eles simplesmente retribuem.

E assim foi a vida da pequena Topo: Luz em forma de camundonga.

Anúncios